22/11/2014

Receita do final de semana: Galeto com Risoto de Limão Siciliano e Salada Tropical do Zeffiro


Galeto  

Temperar o galeto com alecrim, sal, pimenta. Deixar marinando da noite para o dia. Grelhar o galeto.

RISOTO DE LIMÃO SICILIANO - RENDIMENTO: 4 porções
INGREDIENTES
  • 2 xícara(s) (chá) de arroz arbório
  • 40 gr de casca de limão siciliano
  • 80 gr de manteiga
  • 2 colher(es) (sopa) de azeite
  • 1 unidade de cebola picada
  • 1 xícara(s) (chá) de vinho branco
  • 80 gr de parmesão ralado
  • 400 ml de caldo de frango
  • 40 gr de amêndoas descascadas e em cortes finos
PREPARO
Numa panela grande aqueça o óleo e 2 colheres de sopa de manteiga e junte a cebola. Deixe dourar. Acrescente o arroz e deixe-o fritar um pouco. Depois acrescente o vinho, sempre mexendo. Com o auxílio de uma concha, vá despejando aos poucos o caldo de frango. À medida que o arroz for secando adicione mais caldo, sempre mexendo. Não tampe a panela. O arroz deve ficar molhado. Quase no final do cozimento, acrescente as cascas de limão siciliano, misture bem, e junte o queijo e as amêndoas. Misture tudo e desligue o fogo. Acrescente o restante da manteiga e misture bem  e sirva.

SALADA TROPICAL COMPLETA
Rendimento: 1 pessoa

Ingredientes 

60gr de FOLHAS MISTAS (incluir obrigatoriamente agrião)
1 tomate cortado em 4
1 bola de mozarela de búfala cortada em 4 partes
4 fatias pequenas de manga
4 fatias pequenas de laranja


PREPARO

Rasgue as folhas grosseiramente e as arrume no prato fundo grande, bem misturadas, com folhas bonitas por cima. 
Coloque o tomate fatiado em volta e depois a mozarela de búfala e as frutas.
Tempere com o molho de frutas.

Molho de Frutas para  Salada  Tropical 
Ingredientes para 3  porções

100 ml de suco de laranja
10 gr de mostarda
10 gr de orégano
30 gr de açúcar
Sal a gosto
10 gr de manjericão

Misturar todos os ingredientes, levar ao fogo e engrossar com o engrossante de seu uso (nós usamos o “roux” – farinha de trigo dissolvida em manteiga). Deixe esfriar e guarde na geladeira para quando for usar sobre a salada.




18/11/2014

Brasileiros são os mais predispostos a melhorar os hábitos alimentares nas Américas



O sobrepeso é um grande problema que não para de crescer. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), desde 1980 a obesidade mais do que dobrou no mundo todo, sendo que 65% da população mundial vive em países onde o sobrepeso e a obesidade causam mais vítimas do que a desnutrição.

Diante desse problema, a WIN Américas organizou a pesquisa Percepção e Realidade – Um estudo sobre a obesidade nas Américas, realizada em nove países do continente americano (Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Equador, Estados Unidos, México, Panamá e Peru), que representam 90% da população da região. No Brasil, a pesquisa foi conduzida pelo CONECTA, plataforma web do IBOPE Inteligência.

Segundo o estudo, apesar de 75% dos cidadãos das Américas desejarem realizar mudanças na sua alimentação, apenas 19% conseguem fazer essas alterações com sucesso. Os brasileiros são os mais dispostos: 89% mudariam seus hábitos alimentares. Os norte-americanos e canadenses aparecem na sequência, com 77% e 76%, respectivamente. Por outro lado, os mexicanos se mostram muito resistentes: 50% não querem mudar sua maneira de se alimentar.

De acordo com o estudo, as mulheres têm uma percepção mais crítica de sua saúde do que os homens: 67% delas se declaram saudáveis, percentual que sobe para 72% entre os homens. Eles, entretanto, têm mais dificuldades para enfrentar os problemas relacionados ao sobrepeso do que elas: 40% dos homens declaram estar acima do peso, porém, de acordo com seu IMC, (Índice de Massa Corporal) 52% têm sobrepeso de fato. Entre as mulheres as percepções se invertem: 46% dizem estar com sobrepeso, mas o cálculo do IMC mostra que, na realidade, 43% delas estão acima do peso.

Outro aprendizado retratado pela pesquisa é que a atividade física não tem forte presença na América Latina. Enquanto na América do Norte, onde estão os dois países com maior índice de declarações afirmativas de exercícios regulares (Canadá e Estados Unidos), 68% da população pratica exercícios regularmente (duas vezes por semana ou mais), nos países latino-americanos o índice cai para 41%, sendo que 31% não fazem nenhuma atividade (14% na América do Norte). Peruanos e panamenhos são os que menos se exercitam.

Na média do continente, 52% afirmam realizar exercícios físicos regularmente, 24% praticam atividades com uma frequência menor e outros 24% não se exercitam.

“Os resultados refletem uma situação preocupante: a população das Américas está com excesso de peso, mas não reconhece claramente que isso pode ser um problema. Alguns até entendem que precisam mudar seus hábitos alimentares e praticar exercícios, mas poucos realmente tomam uma atitude e acabam colocando sua saúde e bem-estar em risco”, diz a diretora executiva do CONECTA, Laure Castelnau.

P.S. A pesquisa foi realizada entre agosto e setembro de 2014, com 10.786 entrevistados de nove países do continente.

15/11/2014

Botecando em casa: Picanha no Rechaud

"Falai galera, beleza? Sejam bem-vindos a mais um episódio de 2 ½ nerds"...

Giorgio sempre fazendo piada né? Mas hoje ele é papai Guilherme (com ajuda de #manu1ano) estão fazendo Picanha no Rechaud.

Compramos há algum tempo este apetrecho de bar e adoramos! Como diz o Gio, é um investimento "que você só paga uma vez".

#aos12 está animado porque agora pode pedir picanha toda hora :)




Compramos o Rechaud na Panela e Cia, uma tradicional loja na rua do Acre, aqui na nossa querida Mooca.

Escolhemos a dupla face, custou cerca de 200 reais. Parece um investimento alto, mas é o valor de 2 Picanhas no Rechaud no boteco. Por aqui em poucas semanas o investimento "se pagou", afinal, os 2 nerds estão naquela idade de comer por um batalhão!

Eu daria até de presente de casamento para amigos, sabem? É super prático para usar e uma opção legal para receber informalmente amigos e fazer a tal varanda gourmet ter função. ;)

- Posted using BlogPress from my iPhone

14/11/2014

#doeagualimpa e saiba como ajudar nesta campanha!



Há algumas semanas fomos convidados para um evento de lançamento da campanha #doeagualimpa e não conseguimos ir. O pessoal da P&G gentilmente nos mandou uma camiseta para aderirmos à campanha e nos contou mais do que foi anunciando lá.

Estima-se que cerca de um bilhão de pessoas sofram com a recorrente falta de água potável no mundo. No Brasil, 17,3% da população não recebe água por meio de rede de abastecimento (Fonte: SNIS 2012). A falta da água potável reflete diretamente o desenvolvimento de uma sociedade e as crianças são as que mais sofrem com isso.

O consumo de água contaminada é uma das principais causas de mortes entre bebês e crianças em países em desenvolvimento. Doenças como a diarreia, que são consequência desse consumo de água impura, são responsáveis por mais mortes de crianças no mundo do que o HIV e a malária juntos. São mais de 1.600 mil mortes de crianças com até 5 anos por dia no planeta.

Para tentar combater esse tipo de problema, a P&G desenvolveu um produto social inovador chamado P&G Sachet, que acaba de chegar ao Brasil.



O P&G Sachet consiste em uma tecnologia de baixo custo apresentada em um sachê de 4 gramas, que é capaz de transformar 10 litros de água contaminada em 10 litros de água potável, livre de resíduos sólidos e impurezas. O produto atende às normas da Organização Mundial de Saúde e tem validade de dois anos no Brasil.

Vejam que impressionante:

  

O P&G Sachet foi desenvolvido no final dos anos 1990 por cientistas da P&G em Newcastle, Reino Unido, em parceria com o Centro de Controles de Doenças dos Estados Unidos e é uma tecnologia exclusiva da companhia, de fácil manuseio, estocagem e utilização. É um produto social que não será vendido e faz parte da principal ação de responsabilidade social da P&G, o Programa Água Pura Para Crianças. “A P&G tem como missão melhorar a vida das pessoas hoje e para as gerações futuras e para nós é inaceitável ver crianças e adultos sofrendo com a falta de água potável. Por isso atuamos em todo o mundo com o programa e nosso produto exclusivo, o P&G Sachet, que será distribuído para quem sofre com esse problema”, afirma Alberto Carvalho, presidente da P&G Brasil.

Para purificar a água, o conteúdo do P&G Sachet deve ser despejado em um recipiente com 10 litros de água não potável. Depois é preciso mexer a mistura por 5 minutos e aguardar mais 5 minutos para a sujeira decantar. Em seguida, a água deve ser passada por um filtro, que pode ser até mesmo uma simples camiseta de algodão limpa. Para finalizar, deve-se esperar por 20 minutos para que o bactericida do produto faça efeito e pronto. Em 30 minutos uma água barrenta ou contaminada se transforma em água limpa para o consumo.

Em todo o mundo, o programa Água Pura Para Crianças já entregou mais de 7,5 bilhões e meio litros de água purificada, o que significa que mais de um litro de água limpa foi doada para cada habitante do planeta. “É uma meta alcançada que nos orgulha muito e nos motiva a seguir em frente. A P&G tem como compromisso a conscientização sobre a crise mundial de água e, até 2020, nossa meta é salvar uma vida a cada hora, com a distribuição de 200 milhões de sachês, o equivalente a dois bilhões de litros de água pura por ano”, anuncia Allison Tummon Kamphuis, diretora global do Programa Água Pura Para Crianças.



A P&G contabiliza o investimento, até agora, em mais de 50 milhões de dólares utilizados para fornecer água de qualidade para comunidades carentes em todo o mundo. Até agora, o P&G Sachet já foi distribuído em mais de 75 países e, com os 7,5 bilhões de água purificada fornecidas pelo programa, foram evitados mais de 293 mil dias de doenças e 42 mil mortes em consequência do consumo de água contaminada, sendo a maior parte crianças, além da parceria com mais de 140 organizações parceiras que estão envolvidas no programa, entre elas o CARE, PSI, Save The Children, ChildFund e Visão Mundial.

No Brasil, o programa Água Pura Para Crianças será desenvolvido inicialmente no Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais carentes do Brasil, onde, em algumas localidades, pessoas sofrem diariamente com a falta da água potável. “O Vale do Jequitinhonha representa os problemas da maioria das famílias do semiárido brasileiro, que não têm o suprimento adequado e permanente de água limpa. Em regiões assim, é comum o contato de animais com a água de lagos e rios, contaminando com coliformes fecais a água que é usada para o abastecimento dos moradores”, destaca Gerson Pacheco do ChildFund Brasil.

No primeiro ano do projeto no País, serão importados 1,8 milhão de sachês que serão utilizados no Vale do Jequitinhonha, por meio da parceria da P&G Brasil com a ONG ChildFund Brasil, que fará a distribuição, orientará as famílias locais e os multiplicadores sociais da região, para conscientizá-los da melhoria da qualidade de vida a partir do consumo de uma água de qualidade.



Cada família receberá o produto para obter água potável por um ano inteiro. O objetivo é atender 24.250 pessoas ao fornecer 18 milhões de litros de água purificada em 4.850 mil domicílios da região. “Com isso, esperamos reduzir na região a incidência de doenças transmitidas em função da ingestão de água contaminada”, afirma Juliana Gattaz, gerente de Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social da P&G.

A primeira ação do Programa Água Pura Para Crianças no Vale do Jequitinhonha contou com a ajuda de funcionários da P&G que se voluntariaram a participar do programa e irão ajudar no trabalho de divulgação e engajamento de líderes do projeto.

Até 2015, a meta é fornecer 22 milhões de litros de água potável no Brasil. Outro parceiro da P&G nesse programa é a transportadora Rai, que irá armazenar o estoque do P&G Sachet no Brasil.

O programa Água Pura Para Crianças vai contar com um grande apoio. A rede varejista Walmart, em parceria com a P&G, desenvolveu uma promoção para incentivar os consumidores a contribuírem com o projeto. Por meio da promoção Doe Água Limpa, a cada produto das marcas P&G comprada na rede, será doado o equivalente a mais um dia de água limpa para uma pessoa. “Assim como a P&G, o Walmart tem como missão fazer com que as pessoas, no mundo todo, vivam melhor. O programa Água Pura Para Crianças é uma ótima iniciativa da P&G e uma das grandes contribuições que podemos dar neste sentido”, destaca Guilherme Loureiro, Presidente do Walmart Brasil.

A parceria entre Walmart e a P&G para esse programa já ocorre no Canadá e no Reino Unido, e o sucesso da parceria nesses dois países, levou o Walmart Brasil a aceitar de imediato o convite da P&G para participar do programa aqui. “Se aqui apresentamos apenas números e estatísticas do projeto, nas comunidades atendidas isto representa vidas salvas e um futuro melhor para cada criança. O compromisso do Walmart é de engajar o consumidor brasileiro nessa causa”, completa o executivo.

Saiba mais e veja como apoiar no site pgagualimpa.com.br.

08/11/2014

#vivapositivamente Mude a vida de uma pessoa na Semana #MovimentoColetivo

Nós temos a alegria de conhecer projetos lindos em comunidades cariocas graças ao envolvimento com o Viva Positivamente, projeto do qual o blog faz parte desde 2011.

Estamos chegando na semana mais especial do ano para quem conhece os projetos sociais da Coca-Cola: o #movimentocoletivo. 


De 08 a 14 de novembro, o Sistema Coca-Cola Brasil realiza a Semana Movimento Coletivo, durante a qual parte da renda oriunda da venda de cada produto do portfólio da empresa irá para o Instituto Coca-Cola Brasil, responsável pela gestão dos projetos socioambientais no país. 

Mais de 125 bebidas farão parte da ação, aí incluídos águas, chás, refrigerantes, néctares, energéticos, isotônicos e lácteos. O objetivo é estimular o consumidor a colaborar com iniciativas geradoras de desenvolvimento econômico, social e ambiental, através da capacitação e introdução no mercado de trabalho, ele ajuda a melhorar a vida de milhares de pessoas em todo o Brasil. 



O Sistema Coca-Cola Brasil atua em sete segmentos do setor de bebidas não alcoólicas – águas, chás, refrigerantes, néctares, energéticos, repositores e lácteos, com uma linha de mais de 125 produtos, entre sabores regulares e versões de baixa caloria. Formado pela Coca-Cola Brasil e 10 grupos fabricantes brasileiros, emprega diretamente 66 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Os investimentos do Sistema Coca-Cola Brasil para 2014 serão de R$ 2,7 bilhões. No período 2012 a 2016, o total investido será de R$ 14,1 bilhões, 50% superior ao montante investido entre 2007 e 2011. A sustentabilidade é um compromisso da Coca-Cola Brasil e se reflete na forma como a empresa e seus fabricantes lidam com as pessoas e com o meio ambiente. O índice de uso de água da Coca-Cola Brasil, por exemplo, é um dos melhores do mundo: 1,87 litros de água para cada litro de bebida produzido – menos da metade do volume utilizado 14 anos atrás. Na reciclagem, a Coca-Cola Brasil desenvolveu, através do Instituto Coca-Cola Brasil, o programa Coletivo Reciclagem, anteriormente conhecido como “Reciclou, Ganhou” que, desde 1996 colabora para que o País seja um dos mais eficientes na reciclagem de materiais. Hoje, 98% das latas de alumínio e 56% das garrafas PET são recicladas. 

07/11/2014

A Favela Orgânica nos lembra do #movimentocoletivo



Regina Tchelly é líder de um novo movimento para difundir comida orgânica nas favelas da cidade do Rio de Janeiro. Fundadora da empresa Favela Orgânica, ela mora no morro da Babilônia, em Copacabana, dá aulas de culinária com orgânicos e revolucionou a vizinhança com a ideia genial das pequenas hortas nos quintais dos moradores.

Trabalhando como empregada doméstica por 11 anos, o que Regina queria mesmo era ser chef. Ela começou a ouvir que a comida nas favelas não era sustentável, que as crianças não tinham uma alimentação nutritiva, só que ninguém fazia algo de concreto, então, começou. 



Para as aulas de culinária com ingredientes orgânicos, sabendo que precisava de mais produtos do que teria em seu quintal, Regina foi perguntando aos vizinhos: "Você tem um cantinho que você não está usando? Gostaria de uma pequena horta?" Ensinando os vizinhos a cultivar produtos, rapidinho 40 hortinhas estavam semeadas no Babilônia. A vizinha Elizabete Silva nunca tinha visto um alho brotar da terra, agora ela planta e colhe bem na casa dela. 

A história linda da Regina Tchelly é contada por Shannon Sims em OZY [em inglês].

Nós temos a alegria de conhecer projetos lindos em comunidades cariocas graças ao envolvimento com o Viva Positivamente, projeto do qual o blog faz parte desde 2011. 



Estamos chegando na semana mais especial do ano para quem conhece os projetos sociais da Coca-Cola: o #movimentocoletivo. 

De 08 a 14 de novembro, o Sistema Coca-Cola Brasil realiza a Semana Movimento Coletivo, durante a qual parte da renda oriunda da venda de cada produto do portfólio da empresa irá para o Instituto Coca-Cola Brasil, responsável pela gestão dos projetos socioambientais no país. 

Aproveite e faça o bem sem saber a quem.


06/11/2014

Adoçando a semana: receita de Cheesecake de Chocolate

Ainda não testamos esta receita, mas nos agradou e está nos planos para o final de semana!




Cheesecake de chocolate

Ingredientes
1 pacote de biscoito maisena ou Maria (200 g)
8 colheres (sopa) de manteiga (160 g)
1 pacote de ricota fresca com cerca de 500 g
6 minirretângulos de Harald Melken Doce Cozinha Chocolate Meio Amargo (300 g)
2 ovos
½ xícara (chá) de açúcar
Raspas de Harald Melken Doce Cozinha Chocolate Meio Amargo
Morango

Modo de preparo
Em um liquidificador, triture o biscoito aos poucos até ficar bem fina e passe para um recipiente. Misture com a manteiga até ficar uma massa homogênea e úmida. Espalhe no fundo de uma forma de aro removível (24 cm de diâmetro), apertando bem. Reserve. Esfarele a ricota com um garfo, bata no liquidificador junto com os ovos e o açúcar até ficar homogêneo. Passe para um recipiente. Reserve. Derreta o Melken Doce Cozinha Chocolate Meio Amargo conforme as instruções da embalagem e incorpore a mistura de ricota até ficar uniforme e despeje sobre a massa de biscoito reservada. Leve ao forno médio (180°C), preaquecida, por cerca de 50 minutos ou até a superfície secar e endurecer. Retire do forno, deixe esfriar e leve à geladeira. Para servir, polvilhe raspas de Harald Melken Doce Cozinha Meio Amargo e decore com o morango fatiado.

Dica 1: se preferir, separe as gemas e as claras e incorpore as claras em neve depois do chocolate.
Dica 2: pode se passar a ricota por uma peneira de trama fina para deixar mais uniforme.
Dica 3: se desejar massa de biscoito com sabor de chocolate, acrescente 2 colheres (sopa) de Melken Doce Cozinha Chocolate em Pó 50%.

Rendimento: 12 a 14 porções

Tempo de preparo: 1h a 1h30



- Posted using BlogPress from my iPhone

Como anda sua alimentação?



Como anda sua alimentação? A pergunta capciosa veio no presskit que recebemos da Amway divulgando o suplemento Daily Plus da Nutrilite.

Composto de fitonutrientes (compostos orgânicos de origem vegetal que dão cor às frutas e hortaliças), seriam uma alternativa para completar a alimentação de quem não come as 5 a 9 porções de frutas e hortaliças que devem estar na nossa dieta cotidiana.

A marca divulga uma pesquisa feita recentemente que chegou a conclusão que entre 60 e 87% dos adultos do mundo todo não consome a quantidade mínima de cinco porções diárias de vegetais, como o recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

Comparado a outros países que participaram da pesquisa, o Brasil faz bonito quanto ao consumo de vegetais mas ainda tem muito a melhorar, pois 60% dos brasileiros não consomem a quantidade ideal de vegetais por dia, que são 5 porções de frutas, verduras e/ou legumes.

Li nutricionistas que estiveram no evento de lançamento do produto (para o qual fomos gentilmente convidados, mas não conseguimos comparecer por conta da agenda cheia!) que a Amway tem fazendas, tanto no Brasil quanto no exterior, que são de cultivo orgânico, de onde viriam os nutrientes do produto, garantindo que seja “o mais natural possível”.

Admito que estas fazendas (uma delas em Tianguá, no Ceará) e a produção destes suplementos me deixaram muito curiosa. 

Seria lindo poder visitar tanto as fazendas quanto a fábrica, não acham?


E dos suplementos que ganhamos: aqui todos são bons de garfo neste sentido, menos #aos12, que já se candidatou a experimentar. Vamos conversar com o pediatra e ver se ele já pode ingerir.

03/11/2014

Conexão essencial: o produtor familiar e a cozinha #mesasp




No Ano Internacional do Produtor Familiar, os maiores chefs do Brasil se unem a corajosos produtores e apresentam o resultado desta Conexão Essencial para a evolução da cozinha brasileira no Congresso Internacional Mesa Tendências. Enquanto isso, no Mesa ao Vivo, no campus do Centro Universitário Senac, mais de 90 chefs e especialistas colocam a mão na massa, executam e oferecem à degustação, receitas que seguem o mesmo tema.

Nos dias 3, 4 e 5 de novembro, quem é profissional e quer saber do futuro da gastronomia vai ao Mesa Tendências; e quem trabalha no setor, quer melhorar sua performance no fogão, comer e beber bem, vai ajudar a equipe da Prazeres da Mesa a fazer uma edição da revista antes de ela ir às bancas, no Mesa ao Vivo.

Bom mesmo é participar dos dois e ir aos Jantares Magnos do Mesa na Cidade que acontecem em São Paulo durante a Semana Mesa SP.

Saiba mais no site semanamesasp.com.br

- Posted using BlogPress from my iPhone

31/10/2014

Adoçantes não são edulcorantes

A Coca-Cola Brasil abriu suas portas no Rio de Janeiro para a rede Viva 2.0 e convidados, em um papo sobre edulcorantes e outros adoçantes. A ideia do evento foi desmistificar as questões em volta dos açúcares e outros adoçantes que usamos no nosso cotidiano, e como a Coca-Cola Brasil trata essa questão em seus produtos.
Na primeira parte do evento tivemos uma divertida apresentação do humorista Gabriel Louchard, que animou a parte da manhã, que rendeu momentos hilários de experiências científicas registradas em fotos e vídeos nas redes sociais dos presentes. Vale conferir as perfermances de Aline Kelly, do Inspiração Sustentável, e de Caio Costa, do Blogcitario.

Logo em seguida, Fernanda Martins (Líder de Projetos da unidade brasileira da Coca-Cola) e Sandra Freire (Líder da categoria Adoçantes) nos contaram como funciona o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Coca-Cola Brasil, atendendo o país e toda a América Latina.
,



“Não existe uma fórmula para desenvolver um produto. Cada um é novo e diferente.”
Em mais de uma década na área, as duas tinham muito o que contar e os presentes fizeram muitas perguntas.
  • A fórmula mesmo é secreta, não só a de Coca-Cola, mas também de Fanta, marcas globais gerenciadas em Atlanta, EUA, sede da companhia. Para a produção nas franquias locais, o Xarope vai pronto para o engarrafador,  que só inclui a água e quando necessário o açúcar e o gás carbônico.
  • Os ingredientes presentes na formulação de produtos estão de acordo com legislação brasileira. Há uma busca do equilíbrio entre sabor e saúde nas novas bebidas e o portfólio da Coca-Cola Brasil está em constante ampliação. Além dos refrigerantes,  tem sucos, chás e isotônicos. No laboratório sediado no Rio de Janeiro são desenvolvidas e testadas fórmulas de mais de 300 bebidas por ano.
  • Um dos cases contados foi o do suco Kapo, que passou por uma reformulação para ter uma fórmula mais saudável e que ao mesmo tempo agradasse o paladar das crianças. Os ingredientes do Kappo têm, no máximo, a caloria de uma maçã, além de vitaminas importantes para o desenvolvimento saudável. Além deste, outros detalhes foram ressaltados pelos presentes em sua cobertura nas redes sociais, como o fato de o Kapo ser termicamente tratado para que não se utilize conservantes.
Na hora do almoço, os convidados puderam degustar bebidas fabricadas pela Coca-Cola em outros países. E também pratos que tinham refrigerantes em suas receitas – como o molho rosê da salada, feito com Guaraná Kuat, o frango ao molho de nozes que levava Fanta Laranja, e o crepe de chocolate cuja massa continha refrigerante Sprite.
Na parte da tarde, tivemos uma palestra com a dra. Maria Cecília Toledo, para nos trazer mais informações sobre os edulcorantes. Ela esclareceu diferenças entre bebidas diet e light, quais os reais níveis de redução de açúcares destas bebidas, e reiterou que a informação é fundamental para quem quer balancear a alimentação na vida. Apontamos abaixo algumas falas importantes da Dra. Maria Cecilia:
  • Edulcorantes são adoçantes artificiais que não trazem calorias. Adoçante é o que adoça. A grande diferença dos edulcorantes é que eles adoçam mas não têm calorias.
  • Edulcorantes e dieta são parceiros, sim. Mas para emagrecer ou manter o peso, é preciso saber ler os rótulos de diet e light. Light é o alimento que tem uma redução de pelo menos 25% em algum nutriente, que pode ser de açúcar, sal, gordura.
  • Ler rótulos é fundamental para se alimentar bem e de acordo com as suas necessidades. É neles que está a informação essencial do que vamos consumir. Não tem milagre para vida saudável, é simplesmente equilíbrio e informação.
  • Conseguimos identificar quando o o edulcorante está presente? O “after taste”, sabor residual, é o grande desafio dos edulcorantes e foi um dos temas da conversa exclusiva para os internautas, que aconteceu num Hangout On Air com as palestrantes Maria Cecília Toledo, Fernanda Martins e Sandra Freire.

    Currículo da Dra. Maria Cecilia Toledo

    Compõe a Comissão de Assessoramento Técnico Científico em Alimentos Funcionais e Novos Alimentos (CTCAF) e o Grupo Técnico de Aditivos Alimentares junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA); Especialista da WHO (world Health Organization) junto ao Joint Expert Committee on Food Additives (JECFA); Membro do WHO (world Health Organization) Expert Advisory Panel on Food Safety. Doutora em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, Brasil, com Pós-Doutorado em Toxicologia de Alimentos na Oregon State University, EUA; Docente Titular aposentada da Faculdade de Engenharia de Alimentos/UNICAMP desenvolve atividades de pesquisa na área de Aditivos Alimentares e Contaminantes.