16 de mar de 2008

Um pouquinho do curry

O curry não é um condimento natural do Japão, apesar de ser asiático. Sua origem é da região da Índia/Paquistão, mas há quem diga ser tailandês, nepalês, enfim, considero parte da Ásia e, como o chá e o arroz, pan-asiático, fazendo parte da cultura de toda região.

Sempre o relacionei à Índia britânica, porque minha mãe comprava curry de certa marca inglesa com embalagem que me remetia à Índia. Na minha concepção infantil, o que tinha cor (adoro cores até hoje, especialmente na culinária), cheiro bom e vinha do mesmo país de Buda (e do meu nome, pois Samantha tem origem indiana), era maravilhoso. Mas só perto dos 20 anos, assistindo ao programa Frugal Gourmet com Jeff Smith, eu aprendi como se fazia o curry e entendi que cada um dos ingredientes tem uma função na digestão do prato.

A base, apesar de bem variada, é simples: gengibre, pimenta dedo-de-moça, pimenta vermelha, canela em rama, cominho, pimenta-do-reino, cardamomo, cravo, erva-doce, cúrcuma e coentro em grãos, moídos e misturados numa dosagem de acordo com o gosto do freguês. No Japão, a kare house pode ter molhos que vão do amarelo ao quase preto, dependendo da quantidade de pimenta.

O nome foi "inglesado" de "kari, designação de um dialeto indiano que se referia genericamente aos pratos secundários servidos com arroz. Trazido ao ocidente pelos ingleses no século XIX, curry tornou-se um sinônimo de quase tudo que é apimentado e cozido em molho típico da culinária asiática (não japonesa ou chinesa). Creio que foi este caminho que o levou ao Japão, onde foi inserido na dieta popular há cerca de 100 anos.

Leia aqui a receita do rice curry.

Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha