30 de jul de 2008

Filé mignon ao molho de mostarda de sálvia



Aqui em casa temos um Papai que é bem carnívoro. Na verdade, como diriam meus filhos cientistas, onívoro, pois ele come bem vegetais, mas a carne ainda é a "pièce de résistence" numa refeição para o Gui. Então, para o Dia dos Pais, estou procurando umas receitinhas com carne e que agradem também a Mamãe aqui, que não passa sem vegetais acompanhados de cereais cozidos (como se diz em japonês, "gohan to yasai", arroz e verdura). Esta receita me pareceu sob medida e vou testar.

Carne:

A carne é uma peça inteira de filé mignon e a sugestão da receita é de que seja assada em forno médio (220ºC) por cerca de 35 minutos. Não sei fazer carnes assim, direto no forno, como aqueles filmes americanos da década de 1950, então eu vou primeiro "selar" a carne numa boa panela de fundo grosso e depois, com ela já parecendo um rosbife, sou capaz de levar ao forno e ir regando com o molho de mostarda.
O molho é feito com 1/2 xícara de mostarda (aqui em casa gostamos da moutarde à l'ancienne, que é mais forte, então usamos menos), 100ml de creme de leite fresco (nata) e folhas de sálvia fresca (uma duzia de folhas), sal e pimenta. Para tornar mais úmido, água, vinho branco ou mesmo um caldo de carne, dependendo do seu paladar.

Brócolis:

O acompanhamento é de brócolis (que Gui adora) ao vapor. Uso uma cestinha de cozimento no vapor que comprei no Marukai, na Liberdade, e custou vinte e poucos reais. É de inox, excelente, e como um gaurda-chuvinha aumenta se a panela (e os ingredientes) forem generosos. Ah, para fazer no vapor eu prefiro o brócolis tipo ninja. :)
Se não tiver um aparelho assim, não cozinhe direto na água, fica péssimo! Opte por fazer o outro tipo de brócoli levemente refogado -sempre sem adição de água, para manter a cor vibrante e o sabor e vitaminas - em azeite de oliva e uma pitada de alho para dar um perfume. É só refogar e abafar por poucos minutos, pois a umidade natural do alimento se encarrega de cozê-lo.

Deve ficar muito gostoso. Como o Gui gosta de agridoce, eu incluiria um melzinho, porque molho de mostarda com mel é delicioso - até o McDonalds já descobriu isso!

Crédito da foto: Marinex®
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha