28 de jun de 2010

Filés de linguado à Thermidor no BGourmet

Esta é a receita que eu farei na aula que vou ministrar no BGourmet da Casa Cor, a convite da Brastemp.

Se você quiser ir lá fazer a aula com a gente, comente neste post http://migre.me/SV3j ou dê RT com o link e o @samegui.




Filés de linguado à Thermidor

5 colheres de sopa de manteiga
8 filés de linguado ou outro (cerca de 1 kg)
sal e pimenta branca a gosto
1/2 colher de chá de páprica ou tempero pronto (opcional)
1 1/4 xícara de leite
3 colheres de sopa de farinha de trigo
1 xícara de queijo mussarela ralado
3 colheres de sopa de vinho tipo xerez seco (facultativo)

Forno pré aquecido em 175 graus. Derreta 2 colheres de sopa de manteiga e tempere-a com sal, pimenta, páprika (ou tempero pronto). Pincele os filés com a manteiga temperada e enrole-os, arrumando-os com a parte da dobra virada para baixo, numa assadeira quadrada (fica perfeito numa de 22,5 cm de lado). Despeje sobre os filés meia xícara de leite e asse por 25 minutos ou até que estejam macios. Retire o líquido de de cozimento da assadeira e reserve.
Enquanto isso, numa panela para molhos, derreta a manteiga restante, junte a farinha de trigo e mexa bem de modo que a farinha se dissolva por completo. Acrescente aos poucos o leite aquecido e o líquido do cozimento, mexendo constantemente até engrossar. Acrescente o queijo ralado e o vinho e mexa até o queijo derreter.
Derrame a mistura de molho branco e queijo sobre os filés assados, salpique-os com páprica e leve-os ao gril por alguns minutinhos.
(Faz uma diferença enorme usar o grill na finalização.)

Para acompanhar faremos uma saladinha verde e o Arroz Dourado que foi do nosso Menu Dinner In The Sky.

Como contou o Gui: "O arroz dourado tem um história própria e muito bonita, pois foi um dos pratos da última ceia de Natal da vida da avó da Sam, pessoa por quem ela tem tanto amor que ainda mareja os olhos ao se lembrar. Consiste da preparação de uma farofa de Castanhas do Pará in natura, refogadas até soltar o óleo, cebola ralada e manteiga, além evidentemente do arroz."

E se puder ter sobremesa, pensei numa mousse rápida de chocolate servida em taças, é das minhas receitas vapt vupt que salvam quando temos convidados de última hora e que testei, contam com a ajuda providencial do bar expert da Brastemp inverse, que permite que gele em poucos minutos. (hehehehe)

Consiste em derreter 1 barra de chocolate meio amargo e acrescer 1 lata de creme de leite. Reserve. Bata 4 claras em neve e finalize acrescentando, aos poucos, 4 colheres de sopa de açúcar, de modo a fazer um merengue. Misture delicadamente o chocolate com creme de leite ao merengue e acomode nas taças.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha