7 de jun de 2010

Na semana dos namorados: alimentos que ajudam a despertar a sexualidade



Que tal adotar uma alimentação balanceada em nome da sua beleza e apetite sexual? Os alimentos têm o poder de aumentar a produção de determinadas substâncias que estimulam o apetite sexual. Um alimento correto pode fazer maravilhas, como por exemplo, melhorar a auto-estima e a desempenho sexual.

A testosterona é um hormônio masculino, mas também produzido em pequenas doses nas mulheres. Deficiência desse hormônio no sexo feminino predispõe à falta de apetite sexual e a baixa libido. Às vezes é preciso repor testosterona, em pequenas doses diárias, para a mulher sentir-se apta ao sexo novamente, principalmente as da faixa etária para além dos 40 anos.

Para ter um maior estímulo da produção de testosterona, os suplementos de Omega-3 ou óleo de linhaça. Estudos já demonstraram que a suplementação com “gorduras boas” contribui de forma muito significativa para uma maior produção de testosterona.

E a lista dos alimentos que ajudam a despertar a sexualidade?

  • Alimentos ricos em zinco: A falta desse alimento no organismo pode causar deficiência no paladar e no olfato e, principalmente, causa a diminuição dos hormônios sexuais. Quanto maior a taxa de zinco no organismo, maior o apetite sexual da mulher. Alimentos ricos em zinco: ostras, mariscos, amendoim, castanhas, nozes, gengibre, ovo e carne vermelha.

  • Ômega 3: Essas substâncias são responsáveis pela diminuição dos processos inflamatórios e pela sexualidade saudável, pois estimulam a produção dos hormônios sexuais. Alimentos ricos em ômega 3: peixes (salmão, sardinha, cavalinha, anchova e atum), soja, óleo de linhaça, farelo de arroz, óleo de soja e óleo de canola.

  • Ômega 6: A falta dessa substância pode aumentar a TPM, o que reduz a vontade sexual. Incluir ômega 6 na alimentação ajuda a mulher a se sentir mais equilibrada e segura. Alimentos ricos em ômega 6: óleo de prímula e óleo de girassol.

  • Ômega 9: Interfere no apetite sexual, aumentando o poder de sedução. Alimentos que contém Ômega 9: azeite de oliva e óleo de canola.

  • Magnésio: Sustância que proporciona maior equilíbrio emocional, evitando a TPM nas mulheres e dando maior disposição para conquista. Alimentos ricos em magnésio: verduras.

  • Bioflavonóides: São substâncias que evitam doenças. Com o corpo saudável, a mulher fica mais à vontade para ser sensual. Alimentos ricos em bioflavonóides: morango, cereja, framboesa e amora (frutas de cor vermelha estimulam o sexo).

  • “Diga o que come e direi que tipo de sexo você faz”: nutricionistas que pesquisam a relação dos alimentos com a sexualidade, defendem uma alimentação que garanta a constância da disposição sexual. "O que se deve buscar é uma combinação de alimentos que aumentem a produção de determinadas substâncias que estimulam o apetite sexual. E fazer isso no dia-a-dia".

  • Na lista dos alimentos que devem ir à mesa, é sugereido as ostras, os frutos do mar e o gérmen de trigo; as frutas frescas, de preferência as amareladas e as cítricas; o salmão e as sementes de linhaça, que contêm ômega 3 e melhoram o fluxo sangüíneo; o tomate e a goiaba; os vegetais verde-escuros e a farinha de trigo integral, vaso dilatadores, que ajudam a diminuir a fadiga, a fraqueza e as câimbras.

  • Os óleos vegetais citados no texto devem ter procedência conhecida e ser extraídos a frio. O processo padrão de refino industrial pode alterar os ácidos graxos essenciais, criando níveis mais altos de ácidos graxos trans, ao mesmo tempo em que, tal processamento, pode remover importantes elementos e agentes protetores naturais, como sais minerais e a vitamina E. Portanto, prensagem a frio não é um atributo a mais, e sim o requisito básico para a obtenção de um óleo saudável e funcional, garantindo a pureza e manutenção das propriedades funcionais, sem adicionar absolutamente nada.


Vi no blog Alimentos naturais, da empresa Giroil.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha