2 de dez de 2010

O bairro dos Panetones

Olha o que acabamos de receber! =) #natalcombauduco
Até hoje não conheci uma pessoa que me dissesse não gostar de Panettone. Quando eu era criança essa delícia pintava nas prateleiras apenas na época natalina e saia de cena no final de janeiro. As variedades também eram limitadas, aliás, os sabores com chocolate só apareceram bem depois, creio que no princípio dos anos 1990.
Outra lembrança que carrego presente eram as marcas. Balducco e Visconti dominavam completamente o mercado e suas caixinhas sempre foram sinônimo de festa e daquele ambiente acolhedor na casa dos parentes com direito a presença daquele tio mala que ficava falando das memórias gloriosas da sua juventude entre um trago e outro.
Confesso que o Balducco sempre me encantou mais. De certo porque a sua origem é no bairro do Brás que fica colado a minha amada Mooca e já sentia afinidade com as vibrações que emanavam dessa terra abençoada que viria a me receber anos depois e que não pretendo deixar nunca mais na vida. Acho que esse sentimento acolhedor que os italianos trouxeram na bagagem e passaram para as relações humanas nos bairros dessa região passaram para panettones que exportam Brasil afora, semeando um pouco deste espírito em cada fatia saboreada. Muitos anos depois conheci um grande rival da dupla de ferro fabricado pela Cepan é a maior padaria de São Paulo. Quem conhece São Paulo e suas padarias sabe que esse título não é por acaso. Eles fabricam o panettone Village que apresenta interessantes variações, como o recheado de doce de goiaba, por exemplo.
Viva o Natal. E se você quiser conhecer um pouco da essência que permeia sua origem no Brasil não deixe de conhecer o "bairro" dos Panettones.

Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha