14 de dez de 2010

Prosecco Firmino Splendor, uma boa pedida #ficaadica

























Fim de ano e as festas começam a pipocar por todos os lados. Haja fígado para aguentar a carga de salgados, bebidas, doces e afins nessa época.
Uma sugestão deliciosa que sempre agrada a gregos e troianos são os vinhos leves e frescos, os denominados espumantes naturais ou gaseificados, que nos últimos anos ganharam muito espaço na mesa dos brasileiros. As variedades são classificadas basicamente de acordo com a gradação do açúcar presente e são denominados assim:

  • Nature: até 3 gl de açúcar.
  • Extra-brut: de 3 ~ 8 gl de açúcar
  • Brut: de 8 ~ 15 gl de açúcar
  • Sec ou Seco: de 15 ~ 20 gl de açúcar
  • Demi-sec, meio doce ou meio-seco: de 20 ~ 60 gl de açúcar
  • Doce: acima de 60 gl de açúcar.

O vinho Prosecco merece um destaque especial entre os vinhos desta categoria. O nome se origina da vinha branca, predominante na região italiana do Vêneto, que por influência do tipo do solo e clima acabou gerando um produto único que ganhou essa denominação (que deveria ser exclusiva de origem). A principal característica química deste vinho é que a uva demora mais para ficar madura, ponto ideal para colheita, e é nessa "lentidão" que a natureza gera os ácidos fundamentais na alquimia dos espumantes naturais (é o mesmo sistema do Champanhe), tornando-os vinhos caros, seletos e com muito valor agragado.
Graças a tecnologia que acelera as etapas, temos a oportunidade de saborear essas delícias a preços camaradas.
Esta semana recebi um exemplar do Firmino Splendor, produzido pela vinícola Adega Splendor, de Bento Gonçalves, que fica no coração da Serra Gaúcha. Confesso que não conhecia o produto mais fique muito bem impressionado com a qualidade e linda apresentação. Cada garrafa custa entre R$28,00 e R$35,00.
Fica a dica de um belo, requintado e barato presente de fim de ano.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha