18 de dez de 2010

A Receita de Natal perfeita tem chester ou peru?



Festa de Natal tem que ser na casa da vó, certo? Para mim sempre foi assim, na casa da Vó Gorda onde não faltava comida com jeito brasileiro - a outra vó era japonesa e não fazia tanta questão assim de Natal - japonês curte mesmo o Ano Novo.

Aí acontece que as avós faleceram na mesma época e, com os tios indo para as casas dos sogros, a gente ficou meio sem rumo e com os natais confusos em termos gastronômicos. Até que minha tia Jô, irmã da mamãe, mudou para Curitiba e passamos a comemorar juntos. E com a chegada deles veio o dilema: Peru ou Chester?

Minha mãe acha que tem que ser peru, felizmente a tia teima e faz também chester todo (segundo ela, tem que ser da Perdigão), todo ano. E neste ano a tia vai viajar, ficamos naquela saia justa: contamos ou não para a mamãe que detestamos Peru? Para não ficar sem a guloseima na noite de Natal, contamos e me surpreendi quando ela aceitou super bem, mas me passou a incumbência: fazer o tal Chester eu mesma.

Fui atrás de receitas e gostei muito desta que tem um quê paulista, bem a mistura cultural que, depois de 5 anos fora do Paraná, a gente leva à família: Chester® Perdigão com Mini Cuscuz. Tomo a liberdade de republicar aqui a receita que vi no Receitinhas.




1 Ave Chester® PERDIGÃO
1 colher (sopa) de manteiga
½ copo de vinagre de maçã
1 colher (sopa) de molho de soja “shoyo”
1 copo de água

Mini Cuscuz

250 g de Linguiça Tipo Toscana Defumada Perdigão
½ pacote de Milho congelado Escolha Saudável Perdigão (250 g)
1 xícara (chá) de óleo
1 lata de molho de tomates (340 g)
2 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de cebola picada
1 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
1 xícara (chá) de palmito picado
2 ovos cozidos picados
2 xícaras (chá) de água
2 colheres (sopa) de salsa picada
1 tablete de caldo de carne
1 xícara (chá) de farinha de mandioca
1 ½ xícara (chá) de farinha de milho
½ colher (café) pimenta do reino
Para decorar: tomate, azeitonas pretas e ovos cozidos.

Modo de Preparo

Descongele a ave conforme as instruções da embalagem e retire os miúdos.
Coloque a ave em um refratário, besunte-a com a mistura de manteiga e molho shoyo. Regue-a com a água e vinagre.
Leve a ave coberto com papel alumínio ao forno à 200º C por aproximadamente 2 horas. Retire o papel alumínio e deixe-a por mais 30 minutos aproximadamente para dourar.

Mini Cuscuz

Retire a pele da linguiça Toscana e corte em cubinhos.
Coloque em uma panela o óleo, a linguiça Toscana e leve ao fogo para fritar.
Acrescente o alho, a cebola, o molho de tomates, o milho, as azeitonas, a água, o caldo de carne, a salsa, a pimenta, os ovos e o palmito. Misture bem e deixe refogar.
Retire do fogo, coloque as farinhas e misture.
Unte com óleo forminhas (tipo para empada) e disponha no fundo e laterais tomate picado, azeitonas picadas e ovos para decoração.
Despeje a massa do cuscuz nas forminhas e pressione.
Deixe esfriar, desenforme e sirva acompanhando a ave.

Rendimento

De 6 a 8 Porções

E aí na sua casa, qual a receita tradicional para o Chester de todo Natal? Conte para nós, estamos em busca de inspiração!


[update] Confiram também as receitas de outros blogs que participaram desta ação:
[/update]


Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha