2 de mai de 2011

Seminário Campinas Sustentável no Instituto de Tecnologia de Alimentos

“O formato do agronegócio orgânico propicia a Inclusão Social porque favorece o trabalhador do campo que, diante das normas de produção, das certificações e da valorização do produto no mercado interno e externo, seguem padrões altos de qualidade e, consequente rentabilidade e melhoria de vida. Bem como o alimento livre de agrotóxicos propicia inúmeros benefícios à saúde, e um enorme ganho ambiental a cadeia de produção quanto ao uso do solo e da água”, explica Maria Beatriz Martins Costa, diretora do Planeta Orgânico.
alimentação saudável, eventos, orgânicos, sustentabilidade, agrotóxicos,


É destes eventos que me deixaram com muita vontade de acompanhar - mas eu já assumira palestras numa escola sobre blogs e novas mídias na educação. No entanto, pretendo acompanhar à distância o que se debaterá no dia 04 de maio em Campinas, no Instituto de Tecnologia de Alimentos – ITAL – durante o segundo seminário do projeto do Planeta Orgânico e IPD, com patrocínio do Ministério da Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento do agronegócio familiar e orgânico.


“Trata-se de uma iniciativa que agrega representantes de diversas áreas e temas como pesquisa, desenvolvimento e merenda escolar, tendo como tema transversal a geração de renda e agregação de valor. Refeições industriais e merendas escolares, bem como a palestra da CONAB, da GRSA - Compass Group, líder mundial em serviços de alimentação e de suporte - e do Yamagushi sobre os desafios que encontram para incluir orgânicos em suas compras fará parte do dia de debates sobre esse importante setor”, relata Maria Beatriz Martins Costa, diretora executiva do Planeta Orgânico. 

Se você tiver agenda e puder ir, aproveite, as inscrições que são gratuitas podem ser realizadas pelo link: http://www.rastroverde.com.br/cadseminario2011.htm.

E os motivos para saber do que se tratará são muitos. Com patrocínio do Ministério da Ciência e Tecnologia, os eventos fomentarão o desenvolvimento do agronegócio orgânico nas seguintes cidades brasileiras: Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Maceió (AL), Campina Grande (PB), Campo Grande (MS), Brasília (DF), Foz do Iguaçu (PR) e Curitiba (PR). O foco é gerar atração e alavancar agricultores que têm interesse na conversão de sua propriedade, mas não têm acesso a informação.


Segue abaixo a grade completa do evento.

10h00- Abertura
Composição da Mesa de Abertura:
ITAL - Luis Madi, Diretor Geral do ITAL e Eduardo Weisberg, Presidente do Conselho Consultivo da Tecnolat - ITAL
MCT- Joelmo Jesus de Oliveira, - Ministério da Ciência e Tecnologia
MDA - Secretário do Desenvolvimento Territorial - Jerônimo Rodrigues Souza
Planeta Orgânico - Maria Beatriz Martins Costa
10h30 - Campinas Sustentável no Cenário Nacional e Internacional
Maria Beatriz Martins Costa - Planeta Orgânico
11h00 - Mesa Redonda: Pesquisa e Tecnologia como Instrumentos de Sustentabilidade
Moderação: Kleber Pettan - MDA
Guilherme de Castilho Queiroz - ITAL
Fernando Augusto de Souza - Centro de Pesquisas Mokiti Okada
Joelmo Jesus de Oliveira - MCT
Embrapa -
12h00 - Intervalo para almoço
14h00- Mesa Redonda: Origem e Rastreabilidade como Valor Agregado
Participação e Moderação: Fabio Ramos / Agrosuisse
Karin Moraes e Tatiana Costa - Pão de Açúcar-
Vital Carvalho Filho - SDT/ MDA
15h00 - Parceria Agroindústria & Orgânicos/Sustentáveis
Moderação: Renato Hauptmann /Monama
Ming Liu - Organics Brasil
Eduardo Weisberg –ABIS, Associação Brasileira das Indústrias de Sorvete
Clauber Mendonça – ATRIUM Business Ingredients é uma empresa do Grupo Atrium, responsável pela distribuição especializada de ingredientes para as indústrias de bebidas e alimentos em rede nacional

16h00- Merendas Escolares e Refeições Industriais
Moderação: Maria Beatriz Martins Costa / Planeta Orgânico
Nivaldo Maia - CONAB/GEOPE/SP - Companhia Nacional de Abastecimento, Gerência de Operação, São Paulo
Rodrigo Ikedo- GRSA, Parte do Compass Group, líder mundial em serviços de alimentação e de suporte, a GRSA é a mais completa do setor, com operações em empresas, hospitais, escolas, aeroportos, terminais rodoviários e locais remotos como mineradoras e plataformas de petróleo, etc. A estrutura da GRSA permite entregar 1,4 milhão de refeições por dia em 360 municípios, conta com mais de 33 mil colaboradores e atende cerca de 2.000 unidades operacionais.
Romeu Mattos Liete - Yamaguishi
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha