12 de fev de 2015

One apple a day keeps the doctor away

apple, Sônia Hirsch, alimentação, alimentação saudável, saúde, maça, benefícios da maça, fígado, água, Vinagre de Maçã, nutrição,


Não sou de "gurus", mas confesso que sigo muito do que Sônia Hirsch escreve. Seu livro Manual do Heroi foi um divisor de águas na minha vida e me fez reflexionar e mudar muitos hábitos cotidianos, em especial os ligados à alimentação.

Estou longe de ser um exemplo de saúde, mas eu considero que, para quem tem 42 anos, estou bem e pretendo envelhecer assim, com tudo ok!

Ontem li um post dela que começava com um ditado simpático:

One apple a day keeps the doctor away

Ela dizia: "até onde sei está muito certo: basta saber a hora de comer a maçã nossa de cada dia. No intervalo entre almoço e jantar, por exemplo, faz uma faxina e tanto no tubo digestivo. Tanto pela pectina, fibra que varre as sujeirinhas com doçura, quanto por ter propriedades microbicidas e ativar o trânsito intestinal."
Sônia também citava um trecho do livro Healing with whole foods, de Paul Pitchford, que diz que se pode livrar rapidamente a vesícula biliar de pedras e sedimentos, limpando também os excessos do fígado, em apenas um dia.

Vejam se teriam coragem de encarar: 
Desde a manhã, comer somente maçãs, pelo menos quatro ou cinco, se possível do tipo verde - embora todas elas ajudem a amaciar as pedras. Pode beber água, chá de ervas e suco de maçã orgânico. À noite, antes de dormir, amornar 2/3 de um copo de azeite de oliva extravirgem e completar com sumo fresco de limão. Beber a mistura devagar, pode ser de canudinho, e deitar imediatamente, do lado direito, com a perna direita dobrada. Pela manhã as pedras devem sair nas fezes.
Isso me lembrou que quando estive com meus sogros nas férias eles contaram maravilhas de um tratamento que fizeram à base de Vinagre de Maçã. Eles fazem o vinagre em casa e ainda usam a fruta, depois de fermentada, como cicatrizante.

Fui pesquisar e descobri uma pesquisa realizada por Carol Johnston, PhD em nutrição, professora e pes- quisadora da Universidade do Estado do Arizona, que trata do efeito do vinagre na redução dos níveis do LDL, o colesterol ruim. O texto completo está aqui e anima saber que os participantes da pesquisa deixaram de fazer parte do grupo de risco da síndrome metabólica, associada a infarto e diabetes. E sem a necessidade de grandes renúncias alimentares.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha