27 de out de 2012

Crianças obesas comem mais porque o paladar é menos sensível

No Dia Nacional de Controle à Obesidade (27 de outubro), vale ler o resultado da pesquisa publicada no “Archives of Disease in Childhood“, feita pela “Charité University Hospital”, em Berlim, que diz que crianças obesas comem mais porque têm o paladar menos sensível.

Segundo a pesquisa, elas precisam comer mais para conseguir saborear bem e obter o mesmo prazer de quem sente todos os cinco sabores — amargo, doce, salgado, azedo e umami (gosto do glutamato).

O estudo foi realizado com 94 crianças de peso normal e 99 obesas, todas com idades entre 6 e 18 anos. A sensibilidade dos pequenos foi testada por tiras com gosto, incluindo os cinco diferentes sabores, em quatro níveis diferentes de intensidade.

Embora todas as crianças tenham apresentado a mesma capacidade de saborear a doçura, as crianças obesas se mostraram menos aptas a distinguir os outros quatro tipos. A pesquisa mostrou ainda que meninas e crianças mais velhas foram mais precisas na hora de escolher os sabores certos.

Fonte: http://t.co/NonAdOSm
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha