19 de out de 2012

E ai? Vai pegar pra criar? #semtrabalhoinfantil



#semtrabalhoinfantil, cultura do interior, Trabalho infantil, “Blogagem coletiva, É da nossa conta, Fundação Telefonica, Promenino,

Eu nasci no sul do Brasil numa cidade do interior de Santa Catarina chamada Lages. Quando eu era criança me lembro de um costume relativamente comum naquela época: "Pegar para criar". Esse hábito que fazia parte da cultura local consistia numa simbiose entre famílias. Uma família com menos condições financeiras, geralmente dá área rural, cedia informalmente uma criança, na maioria das vezes uma menina, na faixa dos 10 a 12 anos, para uma outra família, com melhores condições financeiras. A "troca" se justificava socialmente porque a família acolhedora dava abrigo, comida, roupas velhas e alguma educação. Na verdade o que acontecia era um situação de exploração extrema, porque aquela criança pagava os favores com trabalhos domésticos não remunerados, não à toa as crianças na sua maioria eram meninas. Esse era um quadro tão grave e violador dos direitos humanos que a vítima não tinha nem o direito de questionar sua condição, afinal para ela e para a sua família de origem tal condição era a única chance de uma vida melhor. 
Hoje parece inadmissível pensarmos numa situação dessa, mas só nos parece inadmissível porque vivemos um novo momento da nossa sociedade, assim como não vemos mais gente fumando em locais públicos ou no carro sem cinto de segurança. Só não vemos mais abertamente certos hábitos e condutas perversas porque hoje constatamos que nossa sociedade está amadurecendo e se mobilizando. O caminho é longo a ainda estamos longe de solidificarmo-nos como exemplo de um país equilibrado e socialmente justo, mas não podemos deixar para depois e precisamos assumir nosso papel de cidadãos e pegar essa luta como nossa, com unhas e dentes, portanto trabalho infantil e adolescente é da nossa conta e da conta de todos o brasileiros. 

Este post faz parte da Blogagem coletiva É da nossa conta!“, um movimento de adesão voluntária de blogs para reconhecer, questionar, descobrir e compartilhar informações acerca da realidade do trabalho infantil e adolescente, uma campanha do Promenino Fundação Telefonica em parceria com a Unicef e OIT.


Participe também todas as terças e quintas, das 15h às 16h, da conversa sobre o tema na fanpage do projeto Promenino da Fundação Telefônica ou no Twitter usando a hashtag #semtrabalhoinfantil
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha