24 de jan de 2013

A comida de boteco paulistana que me agrada tanto...


Recebi há pouco um release do Bar Léo com as fotos que ilustram o post que resumem super bem o que mais aprecio na comida de boteco desta cidade: simplicidade e sabor. 

Bar Léo, comida de boteco, pratos saudáveis, fast-foods no brasil, rabada com polenta, bebidas calóricas, boa polenta, Carne assada, carne de segunda, bacacalhoada, Bar Léo, Steinhaeger,


Bar Léo, comida de boteco, pratos saudáveis, fast-foods no brasil, rabada com polenta, bebidas calóricas, boa polenta, Carne assada, carne de segunda, bacacalhoada, Bar Léo, Steinhaeger,


Bar Léo, comida de boteco, pratos saudáveis, fast-foods no brasil, rabada com polenta, bebidas calóricas, boa polenta, Carne assada, carne de segunda, bacacalhoada, Bar Léo, Steinhaeger,


Mas, se observarmos mais atentamente, tem muita saúde nestes pratos que se tornaram populares e são sinônimos de comida de bar, os primeiros fast-foods do Brasil. Cozidos como a rabada com polenta em cama de agrião são comidas que parecem pesadas sim, mas não são de difícil digestão e, se ingeridas com parcimônia e sem (muito) acréscimo de bebidas calóricas ou alcoólicas, podem ser boas para saúde. A folha verde tem ferro, assim como a carne, e uma boa polenta é rica em nutrientes do milho, um cereal de primeira para a alimentação. 

Carne assada (que eu chamava de carne de panela até mudar para cá, agora sei que "carne de segunda, feita na panela de pressão, chama carne assada) com muito cheiro verde e acompanhada de arroz, salada, farofinha, ovo frito e banana da terra grelhada, quanta coisa boa e cheia de nutrientes!

E a bacacalhoada, nem preciso falar, é um prato completo e para muitos o único peixe da semana. Sabem que ovo, quando ingerido sem muita gordura, é super bom para saúde? E pimentões e cebolas, que frequentemente compõem o prato assado ou cozido, são ricos em vitamina C e por isso antioxidantes. 

Gostou? Aproveite uma das ideias para seu cardápio de homenagem ao aniversário de São Paulo nesta sexta!

P.S. Segundo a assessoria, fundado em 1940 e localizado no tradicional centro da cidade de São Paulo, o Bar Léo reabriu as suas portas em agosto para, em tempo, comemorar os 70 anos do famoso reduto dos cervejeiros. Mantendo a tradição dos petiscos alemães, os pratos tradicionais do Léo foram mantidos no cardápio, assim como a coleção de canecas e as garrafas de Steinhaeger, que permanecem por todo o bar compondo a decoração, que em meio há fotos e retratos relembram a história desses 70 anos.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha