15 de jan de 2013

Os adultos podem e devem buscar um balanço energético, que resulta do equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e as calorias usadas

Coca-Cola, calorias de refrigerantes, 123 calorias, 123 caloria da coca, Energia Positiva, WMcCann, atividade física, Rita Lee, dieta saudável, propaganda da coca-cola,


Pela primeira vez a Coca-Cola aborda suas calorias em uma campanha publicitária e a ideia parece que está sendo muito bem recebida pelo público.  Habituada a ler rótulos, eu sempre soube das calorias de cada coisa, inclusive dos refrigerantes que, embora em pouca quantidade, eu aprecio às vezes. Foi legal ver a sugestão de atividades físicas para gastar as 123 calorias de uma Coca-Cola (o equivalente a embalagem de 290ml) na  campanha Energia Positiva, que está nas TVs no vídeo abaixo.

 

O filme de 30 segundos, produzido pela WMcCann, inspira melhores hábitos ao incentivar o gasto das 123 calorias da Coca-Cola em atividades divertidas como dançar, levar o cachorro pra passear, gargalhar com os amigos, ir para o trabalho de bicicleta, entre outras.

Acredito que este posicionamento novo das marcas, mostrando suas calorias, suas receitas, suas falhas e acertos pode nos ajudar a escolher de forma consciente. Cresci ouvindo falar super mal de refrigerantes, mas, por outro lado, comendo doces com mil corantes livremente, a tal ponto que se usava um confeito tóxico (um prateado, lembram?) em docinhos de festa infantil e o produto era liberado. Vejo uma formação do consumidor neste novo formato de comunicação e, embora eu seja contra o consumo vazio (e sinceramente tome mais água do que qualquer outra coisa no cotidiano), acho simpático relacionar uma atividade física prazeirosa ao consumo de calorias, melhor do que "podar" todas as coisas calóricas.

Com tudo proibido a gente fica como aquela música da Rita Lee que dizia que "tudo que eu gosto é proibido, imoral ou engorda".

Os adultos podem e devem buscar um balanço energético, que resulta do equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e as calorias usadas. Mas vale lembrar que crianças devem evitar refrigerantes assim como bebidas com alto teor de açúcar - e nisso eu parabenizo a campanha que focou em adultos -  e esta regra de gastar as calorias da bebida vale somente para nós, adultos, e tudo dentro de uma dieta saudável hein?


Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha