6 de mar de 2013

Pesquisa mostrou que o hábito pode diminuir a incidência de alguns males e infecções nas pessoas de meia idade

Daily Mail, café, idosos, alimentação na rua, alimentação saudável, dicas de alimentação saudável, Neal Freedman,


Uma nova pesquisa feita nos Estados Unidos e divulgada no Daily Mail redime o café de todo dia.

O estudo envolveu quase meio milhão de pessoas, revelando que o risco de morte diminuiu de acordo com a quantidade de café consumida. Nesta pesquisa, o excesso de cafeína foi visto pelo lado bom e os estudiosos descobriram que quanto mais café consumido, menos as pessoas eram propensas a morrer de doença cardíaca e respiratória, acidente vascular cerebral, lesões, acidentes, diabetes e até mesmo infecções.
O Dr. Neal Freedman, do National Cancer Institute, nos Estados Unidos, um dos líderes do estudo, disse que beber duas ou três xícaras de café por dia reduziu o risco de uma morte prematura em 10 a 15%. Entretanto, ele acrescentou que beber mais do que essa quantidade não surtiu nenhum efeito benéfico entre os pesquisados.
Os participantes, com idades entre 50 a 71 anos, foram acompanhados por 12 anos e também tinham em comum outra tendência nada saudável: o tabagismo. O Dr. Freedman disse que esse foi o principal obstáculo entre as pessoas que queriam viver mais, mas estavam fumando. "Em nosso estudo, os participantes que bebiam café eram muito mais propensos a fumar cigarros, que é um fator de risco muito forte para a morte", disse ele.
Ele acrescentou que o consumo de café está associado a muitos comportamentos ligados a problemas de saúde, tais como beber muito álcool, o consumo de carne vermelha e a vida sedentária. "Todos esses fatores de risco são normalmente associados com aumento do risco de morte, que estava em nosso estudo também", acrescentou.
Apesar do consumo do café estar ligado aos anos a mais das pessoas que consumiram cerca de três xícaras por dia, a pesquisa não descobriu especificamente como a bebida reduziu a mortalidade. O Dr. Freedman e seus colegas pediram mais estudos para identificar as substâncias químicas da cafeína que podem retardar certas condições de saúde.

Fonte: Toda Ela.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha