27 de ago de 2013

Pode ou não pode carboidrato à noite? Estudo diz que pode sim, mas só os integrais!






Eu AMO carboidrato. Felizmente a intolerância à lactose, que tira meu apetite por comidas preparadas com queijos e leite condensado, me ajuda a aproveitar sem engordar além da conta.
E um dos meus horários de "fome de carboidrato" sempre foi à noite, o que ia contra as recomendações de não comer massas, pães, arroz e outros itens ricos em carboidrato à noite. Eu sempre desobedeci, claro.
Hoje li que um estudo realizado pela Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, não só enterra esse mito como sugere o contrário: o consumo do nutriente no período noturno ajuda a segurar a fome durante o dia, facilitando até a perda de peso.
\o/
Mas tem um segredinho que bate bem com minha prática:
"Não é necessário cortar a ingestão de carboidratos à noite, desde que os mesmos sejam integrais e consumidos com moderação."

A ressalva é da nutricionista Alessandra Furlan, do iPGS (Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde). Em entrevista dela sobre os "carbs", que ganharam fama de engordartivos porque são fonte de energia para o organismo (e energia que a gente não gasta vira gordura), ela relembrou que este tipo de alimento ajuda até o cérebro a funcionar melhor e dá origem às fibras alimentares, que apresentam diversos benefícios à saúde. Além disso, o consumo deste nutriente é fundamental para a manutenção da glicemia e do bom funcionamento intestinal, devendo fazer parte de uma dieta balanceada.
Mas, quais são os carboidratos bonzinhos?
São os de baixo índice glicêmico. Doces, açúcares, cereais refinados, pão branco, massas e biscoitos brancos são os maiores inimigos da dieta quando ingeridos de forma indiscriminada. Eles acarretam picos de hiperglicemia (açúcar no sangue), promovendo o aumento da deposição de gordura corporal, risco para doenças, dentre elas as doenças crônicas não transmissíveis (obesidade, diabetes, dislipidemias, etc.), podendo ainda atuar no desenvolvimento de acne, flacidez da pele e muscular e envelhecimento cutâneo.
O consumo de carboidratos pode ser benéfico ou maléfico à saúde e à estética, dependendo da quantidade consumida, do índice glicêmico, do horário ou momento de ingestão e estado fisiológico de quem faz a dieta.





A maioria das dietas para emagrecimento prioriza as proteínas que ajudam a acelerar o processo de queima de gordura do organismo. Por isso, carboidratos são colocados de fora de forma equivocada. Eles são tão importantes quanto proteínas porque conferem energia para a realização de exercícios físicos e consequente eliminação de gordura corporal. Ainda, através do consumo de carboidratos provenientes de cereais integrais, frutas e verduras, há ingestão de fibras alimentares, responsáveis pela sensação de saciedade, e por isso, fundamentais nas dietas de emagrecimento.
Quais "carbos" estão liberados à noite?
Os integrais.
Troque os derivados de grãos do refinado por integral.





Não precisa "inventar" muito, basta trocar o arroz branco pelo integral, o pão francês por um com grãos integrais e o macarrão normal pela versão integral. Se você gosta de cereais matinais e acaba comendo à noite, quando chega cansado do trabalho ou da faculdade, saiba que muitos deles são integrais, mas o açúcar contido na formula pode destruir sua dieta e ainda atrapalhar seu sono. Opte por um com pouco açúcar ou por uma granola com pouco melaço (sim, granola, aquela que jogamos no açaí, tem melaço envolvendo os grãos integrais, por isso é mais gostosa!). Eu adoro granola com iogurte natural para aplacar a fome de quando janto muito cedo! É minha companheira das 23h!
Outra vantagem que eu tenho é que, desde criancinha, adoro a vedete da saúde: aveia. É uma das fontes de carboidratos que são muito saudáveis e devem estar presentes na dieta e vai bem em iogurtes, bolos, frutas e até na sopa (sim, salgada!).
Gostou? Compartilhe também suas dicas para manter o carboidrato na dieta sem ficar infeliz com o resultado na balança!
- Posted using BlogPress from my iPad

Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha