8 de mai de 2014

Obesidade aos 25 anos pode definir probabilidade de desenvolver obesidade grau III no futuro


Uma equipe de pesquisadores liderada por Jennifer Dowd, professor associado de epidemiologia e bioestatística da Escola de Saúde Pública da City University of New York (CUNY), examinou a relação entre o IMC aos 25 anos e a obesidade mais tarde na vida e os indicadores biológicos para a saúde.

As taxas de obesidade têm aumentado nos EUA ao longo das últimas décadas, com os mais recentes dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, indicando que 35% dos adultos com mais de 20 anos de idade são obesos.

Os pesquisadores descobriram que a maioria das pessoas que eram obesos aos 25 anos eram mais propensas a serem severamente obesas durante a vida adulta. No entanto, a equipe descobriu que o peso atual da pessoa, e não a duração de sua obesidade, é um melhor indicador da saúde cardiovascular global e risco metabólico .

Mulheres obesas, ao que parece, são mais propensas do que os homens para se tornarem severamente obesas depois dos 25 anos. Usando dados coletados do National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES) dos Estados Unidos, de 1999 a 2010, os pesquisadores descobriram que as mulheres que eram obesas aos 25 anos tinham 47% mais probabilidades de chegar obesidade grau III (definido como IMC maior que 40) mais tarde na vida, em comparação com apenas 5% das mulheres com peso normal aos 25 anos.

Para os homens obesos aos 25 anos de idade, havia uma chance de 23% em desenvolver obesidade severa mais tarde na vida, em comparação com uma chance de 1% para os homens com peso normal aos 25 anos.

A notícia pode soar cruel para as pessoas que tentam de perder peso, disseram os autores do estudo. Mas também mostra que o peso atual de uma pessoa é mais fortemente ligado à saúde cardiovascular e metabólica geral do que a duração da obesidade, o que significa que a perda de peso em qualquer fase pode ajudar a reduzir os riscos de saúde, independentemente de quanto tempo uma pessoa tem excesso de peso.
Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha