30 de ago de 2014

É preciso plantar comida em casa para ser feliz e reduzir o consumo?


A autoprodução de comida foi tema de uma das oficinas da Virada Sustentável 2014. Organizada por Giulia Giacchè, do Movimento per la Decrescita Felice di Padova (Itália), a oficina, parte da programação do projeto É Possível ser Feliz Decrescendo?, tem como objetivo estimular a reflexão sobre os hábitos alimentares e fomentar o conhecimento sobre a agricultura orgânica e sinérgica. Para isso ensinou na Virada Cultural toda a cadeia de produção de uma horta caseira (compostagem, preparação da terra, adubação verde, semear, plantar, cuidados com a horta).


É preciso plantar comida em casa para ser feliz e reduzir o consumo? 


Estudiosos consumeristas que combatem o consumo exacerbado, desmesurado, descontrolado, desnecessário discutem o tema e colocam esta questão como um desafio: encontrar modos de realização dessa utopia. 


Como tornar as pessoas mais felizes, com mais tempo? Talvez, indicando os caminhos da simplicidade; da volta à natureza; do prazer em admirar a beleza das flores e dos jardins; e do sol, quando nasce e quando se põe; e também da lua em todas as suas fases e formas; com a alegria da aproximação com os amigos e da convivência em família, enfim, das coisas que valem a pena, independentemente de estarem sendo anunciadas e vendidas em shopping centers ou lojas reais e virtuais com preços à vista ou a prazo.


Mas não incentivar o consumo é ir contra toda política econômica da atualidade, cuja manutenção e crescimento são baseados quase que exclusivamente no consumo e que, aliás, por isso mesmo está destruindo o planeta. Nesta linha, é atirar no próprio pé, afinal, como vamos nos sustentar sem uma economia pulsante? 


Creio que a questão não é feliz sem consumir. É buscar um consumo consciente. Se o consumo decrescer porque as pessoas que estão felizes, certamente encontrar-se-á outro caminho, e até mais justo, equilibrado e que respeite a natureza e as pessoas visando à manutenção do progresso tecnológico e econômico.


Eis, pois, essa teoria para reflexão: mais felicidade, menos consumo.


#avidaquer #agentenaoquersocomida  www.avidaquer.com.br 

Postar um comentário

Quem cozinha e conversa?

O blog surgiu da vontade de falar de comida, bebida e alimentação saudável, coisas que estão sempre em pauta na nossa cozinha, nos reuniu desde 2009 numa conversa online, como fazia com os papos nas cozinhas de amigos e os eventos deliciosos de gastronomia dos quais este blog tem participado. Tudo isso está aqui, temperado pela vontade de trocar ideias e aprender. Se você também gosta de um papo de cozinha, puxe uma cadeira e junte-se a nós.

E se quiser conversar com a gente: cozinhaconversa@gmail.com

Google+ Badge

Siga-nos no Twitter @conversacozinha